Voltar
Autoria
Michael Batnick
Michael Batnick

Artigo publicado originalmente em The Irrelevant Investor.

A coisa mais fácil nos investimentos

Eu descreveria a minha abordagem aos mercados como otimista no longo prazo e ansioso no curto prazo.

Isto pode parecer contraditório, mas não é. Aposto que há por aí muitos investidores que acreditam convictamente que, daqui a 20 anos, as ações estarão mais altas. No entanto, olhando para os seus portfólios e forma de atuar nos mercados, nunca o adivinharíamos.

Se o que importa são os retornos no longo prazo são, então por que razão nos concentramos tanto no que se passa hoje? Porque o longo prazo é uma série de prazos curtos. Porque o risco de algo correr mal supera os benefícios de tudo correr bem. É por isso que existem gestores de risco e nenhum gestor de recompensas. Se deixarmos, as vantagens tomam conta de si próprias. As desvantagens podem pôr-nos fora do mercado numa tarde.

A entrevista de Patrick OShaughnessy a Rory Sutherland motivou-me a escrever sobre pessimismo versus otimismo. Rory declarou:

Se você quiser que um filho da mãe racional ande por aí a matar boas ideias, é o trabalho mais fácil do mundo.

Esta afirmação teve em mim um enorme impacto. A coisa mais fácil nos investimentos é ser pessimista. É fácil dizer que aquela ideia nunca funcionará. É fácil dizer que esta empresa não tem fosso (vantagens competitivas). É fácil dizer que o mercado de ações está sobrevalorizado.

Os bears aparentam sempre ser mais inteligentes do que os bulls. O bear tem uma compreensão mais profunda e, portanto, está mais ciente dos riscos envolvidos. O touro gosta da ideia, mas é ingénuo com a concorrência, a macroeconomia, etc.

Nos tribunais, a acusação tem o ónus da prova e tem que eliminar qualquer dúvida razoável. Inocente até prova em contrário.

Nos tribunais do investimento, os bulls carregam o ónus da prova.

Há quanto tempo duvidam os investidores da Amazon? Há quanto tempo duvidam os investidores deste bull market? Há sempre o risco de algo correr mal, e é por isso que é impossível ser otimista para além de qualquer dúvida razoável.

Não devemos investir como se tudo fosse garantido, incluindo preços de ações mais elevados. Mas se nos deixamos consumir pela negatividade e nos preocupamos constantemente com o que pode correr mal, teremos muitas dificuldades em fazer crescer a nossa carteira.

Não encaremos isto como pessimismo versus otimismo. Ninguém é totalmente otimista e nada pessimista. É essencial alcançar o equilíbrio entre estas mentalidades contrastantes.

A coisa mais fácil nos investimentos é ter dúvidas, mas ninguém ganha dinheiro se fizer o que é fácil.


Esclareça as suas questões comerciais com um representante da Casa de Investimentos.

Serviço disponível nos dias úteis das 8h às 18h.

Save & Grow

Seja dono do seu destino.

Saiba mais