Voltar

O cofre mais valioso do mundo guarda mais de 13 mil anos de história. Esta biblioteca genética, representa a maior coleção mundial de sementes vindas de todas as partes do globo. Tem capacidade para armazenar 4,5 milhões de variedades de colheitas. Cada variedade contém em média 500 sementes, o que resulta em 2,5 biliões de sementes. Este é um esforço de longo prazo para a preservação da vida.

The Global Seed Vault, como é conhecido, começou por ser uma iniciativa do Governo da Noruega – que ofereceu a sua construção - da Crop Trust e das Nações Unidas. Hoje, conta com o apoio de vários países e de organizações não governamentais como a Fundação Bill & Melinda Gates.

Existem pelo mundo mais de 1700 bancos de genes. Contudo, alguns estão expostos a guerras e desastres naturais e a coisas tão simples como um frigorífico que deixa de funcionar.

O propósito deste cofre, localizado no arquipélago de Svalbard é assegurar que a humanidade não corre estes riscos. As condições naturais deste território, a meio caminho entre a Noruega e o Pólo Norte, formado por rocha espessa e permafrost (solo permanentemente congelado), asseguram que as sementes permanecem congeladas. Estas condições naturais permitem manter durante séculos milhões de sementes que representam todas as variedades de colheitas que hoje temos disponíveis. É o cofre que assegura comida às gerações futuras.

Este cofre é a derradeira apólice de seguro para garantir que o mundo tem opções para as gerações futuras ultrapassarem os desafios das alterações climáticas e o aumento da população, que se estima atingirá os 10 mil milhões daqui a 50 anos.

Este é o backup final.